O que é SEO e quais as vantagens

o-que-e-seo

No Marketing Digital as variantes estratégicas podem ser várias e cada uma delas pode ser também uma mais valia para ajudar o seu negócio online a crescer. Dependendo sempre dos objetivos a atingir, cada website deve ter um plano estratégico e assim utilizar os canais disponíveis para se conseguir obter os melhores resultados. Ou em todos eles ou em alguns apenas.

Fala-se muito de SEO – Search Engine Optimization, mas poucos sabem como devem aproveitar uma estratégia de SEO para que o seu site cresça online e que este seja visitado por utilizadores que realmente se interessam pelos conteúdos que lá estão.

O que é o SEO?

Vamos lá então perceber o que é isto do SEO.

É muito simples perceber: nos slides aqui em baixo, pode verificar como devemos dizer SEO e até comparadas com outras palavras muito iguais mas com significado bem diferente.

Ainda nos slides, podemos ver uma pequena definição(de entre muitas outras existentes por essa web fora), do termo SEO – Search Engine Optimization:

Possível definição de SEO: estratégias, técnicas, estudo e muitos testes com o intuito de melhorar o posicionamento de projetos web no ranking orgânico do Google, ou outros motores de busca online.

No entanto, SEO não é uma ciência exata! Podemos conseguir posicionar páginas de um determinado website mas depois em outro sector de atividade diferente, as mesmas estratégias usadas anteriormente podem já não funcionar da mesma forma. Vai depender sempre de vários fatores: Internos e externos.

Alguns exemplos de onde podemos aplicar e outros não, uma estratégia de SEO

Na imagem em baixo temos um print de uma pesquisa por “seguros” e os resultados que o Google apresenta é… Anúncios pagos!

exemplos-de-seo-seguros

Neste exemplo em concreto, será que devemos apostar numa estratégia de SEO? Será que faz sentido apostar fortemente em SEO para depois aparecer em baixo “above the fold“[clique aqui para saber o que é above the fold]?

Para este termo de pesquisa “seguros”, na minha opinião não vale o esforço que vamos fazer em termos de estratégia de SEO, porque só iriamos aparecer(com alguma sorte) a partir do 5º resultado no ranking. E se pensarmos em termos de balança e colocarmos de um lado, todo o trabalho e esforço em vários meses a estratégia de SEO e do outro lado um possível posicionamento nos últimos 5 resultados do Google, será que faz sentido? Valerá mesmo a pena?

Sem dúvida que não! Não vale o esforço de SEO.

Mas então o SEO morreu?

Claro que não. Há (quase)sempre uma solução. E essa solução passa por um estudo aprofundado dos termos/keywords que os utilizadores fazem quando vão para o Google procurar informação sobre Seguros.

Estudo de palavras-chave em SEO

Nós aqui na SEOlabs utilizamos várias ferramentas para efetuar um estudo de palavras-chave, o mais completo possível. No entanto é complicado encontrar ferramentas que disponibilizam dados para Portugal. E por isso utilizamos apenas 2:

Existem outras ferramentas que também testámos mas misturam muitos dados com o Português de Portugal e o Português do Brasil. Assim concluímos que estas 2 ferramentas são das melhores que testámos até hoje.

Depois de analisarmos os termos(palavras-chave) que os utilizadores vão para o Google pesquisar, vamos selecionar aquelas que vão de encontro aos objetivos estabelecidos na estratégia de SEO.

São 2 tipos de palavras-chave: informativas e transacionais. Por agora não vou explicar a diferença dos tipos de keywords, ficará para um próximo post.

Vamos então perceber como podemos obter palavras-chave ligadas ao termos “seguros” onde podemos trabalhar uma estratégia de SEO.

exemplo-de-keyword-seguros

Aqui na ferramenta KWfinder podemos verificar que há 170 buscas no Google em média por mês para o termo “seguro condominio“, ou seja, todos os meses temos utilizadores que vão para o Google à procura de informação e talvez preços para seguros em condomínios!

Agora vamos analisar se nos resultados no Google são maioritariamente constituídos por anúncios pagos ou não.

resultados-no-google-por-seguro-condominio

Ora cá está uma excelente palavra-chave em que podemos apostar na nossa estratégia de SEO. Não há nem 1 anúncio pago, é tudo resultados orgânicos onde podemos fazer aparecer o nosso website para este nicho de mercado.

Quais as vantagens do SEO para o nosso projeto Online?

As vantagens são muitas, logo a começar com a possibilidade de trabalharmos para diversas palavras-chave e assim tentarmos posicionar várias páginas do nosso website para várias keywords em que de facto os utilizadores vão para o Google pesquisar.

Um bom exemplo com o estudo feito das palavras-chave é encontrar várias keywords que os utilizadores pesquisam, reparem na imagem em baixo:

keyword-seguro-multirisco

seguro multiriscos” tem em média por mês 480 pesquisas no Google, então vamos ver e analisar se há muitos resultados com publicidade ou não…

resultados-no-google-por-seguro-multiriscos

Podemos perceber que não há anuncios pagos para os resultados no Google, então podemos concluir que podemos e devemos apostar fortemente numa estratégia de SEO para esta keyword “seguro multiriscos”.

Estes são apenas 2 exemplos reais que logo à partida podemos aproveitar para conseguir posicionar e aumentar as visitas vindas dos resultados orgânicos do Google.

Para além de outras e várias vantagens, tais como; visitas qualificadas, não ser necessário pagar por publicidade, os resultados depois de um bom posicionamento podem durar durante vários meses e até anos(depende…), mas principalmente a grande vantagem de uma estratégia de SEO é a conversão!

Com SEO as visitas são mais qualificadas e assim essas mesmas visitas podem facilmente converter muito melhor nas páginas do nosso site, mas para isso será também necessário e não menos importante; todo o website deve ter um objetivo bem claro e a pensar na conversão.

Não basta gerar tráfego com SEO, é necessário que esse tráfego converta no nosso website(comprar os nossos produtos ou simplesmente deixar os seus contatos para receberem orçamentos).

Qual a melhor estratégia de SEO, o que devemos fazer, por onde começar

Voltando um pouco mais atrás para explicar como o Google funciona em termos de analisar o nosso website para depois o colocar no seu próprio ranking, que pode ser na posição 400, 250, 130 ou outras qualquer. Existem diversos fatores no site e fora do site que o Google analisa para levar em conta e assim define uma posição para cada página do nosso site.

Como o Google vê ou lê o nosso website? No vídeo em baixo Matt Cuts, explica detalhadamente como é que o Google lê o nosso website e depois efetua um ranking com todas as páginas existentes do mesmo tema/assunto. Este vídeo já tem alguns anos mas continua muito atual.


Ninguém sabe, ninguém mesmo, sabe quais são os fatores que determinam ou não um bom posicionamento nos resultados do Google. Dizem que são mais de 200 fatores, podem ser mais ou até menos, é o maior segredo do Google. O que sabemos, é a partir de muitos testes realizados ao longo dos anos e até experiências feitas por profissionais de SEO um pouco por todo o mundo.

Portanto não há, nem temos um segredo escondido!

Quem trabalha em Search Engine Optimization tem de fazer muitos testes, experiências e principalmente pensar e muito no utilizador; como é que ele pesquisa, como se comporta e no final dar-lhe as respostas que precisa.

Por onde começar uma estratégia de SEO

Uma vez mais, depende! Há muito fatores dentro e fora do site que temos de analisar. No entanto acho que todos aqueles que têm um projeto online deve pensar desde o começo nos seguintes pontos:

#1 – Criar um mapa do site e uma hierarquia de páginas simples e a pensar no utilizador. Não obrigue o visitante a ter de andar por mais de 2/3 páginas do seu site para encontrar o que procura. Ter uma definição de categorias, páginas e artigos bem planeada é um bom começo para um bom trabalho de SEO.

#2 – Perceber muito bem quem é o púbico alvo, para quem queremos vender, que tipo de conteúdos vamos colocar para que o visitante fique no site e converta, qual o comportamento do nosso potencial cliente. Esta questão é muito importante e deve estar bem clara.

#3 – Fazer um bom estudo de keywords, depois de percebermos quem é o nosso potencial cliente online, temos de perceber o que ele procura online, qual o numero de vezes e analisar outras possíveis pesquisas que possam gerar procura, tal como já expliquei em cima nos 2 exemplos.

#4 – Dar as devidas respostas aos utilizadores que vão para o Google procurar por informação e/ou produtos. As páginas do site devem estar optimizadas para dar as respostas às perguntas das pesquisas feitas no Google!

A partir daqui já tem uma base de trabalho para avançar com a estratégia de SEO. Como é evidente, há ainda muito trabalho pela frente, mas se conseguir definir muito bem este 4 pontos, já é um bom começo.

Conclusão: o que é SEO

Depois de tudo o que foi explicado em cima, o SEO – são várias estratégias que aplicamos em páginas de websites para conseguir que o Google posicione o nosso website na melhor posição possível nos resultados das pesquisas.

Gostaria de indicar também aqui que o próprio Google disponibiliza muita informação sobre as boas práticas que deveremos aplicar em websites. No fundo, o Google está a indicar-nos e ajudar-nos como devemos fazer um bom trabalho de optimização no nosso website a pensar no seu próprio motor de busca.

Clique aqui para conhecer as diretrizes do Google

Para finalizar, gostaria de dizer que um plano de SEO não é um trabalho para 1 ou 2 meses, é um trabalho continuo ao longo do tempo(até porque o Google vai alterando os fatores de ranking), e sempre com resultados a médio/longo prazo.

Nós profissionais de SEO não somos mágicos, e tenham muito cuidado com aqueles que dizem que conseguem posicionar qualquer website para qualquer palavra-chave! Mais tarde poderá ser um problema e não uma solução. Cabe-lhe a si escolher o futuro do seu website perante o Google!

O que é SEO e quais as vantagens
Avaliação:

Mais artigos:

  • Crawl Budget – o que éCrawl Budget – o que é Este é mais um termo utilizado em SEO e que assim de repente num primeiro impacto parece algo complicado e até algo "do outro mundo". Mas não, na realidade o crawl budget é muito simples […]
  • Caso de sucesso – Costa AlentejanaCaso de sucesso – Costa Alentejana Este é um caso de sucesso de uma estratégia de SEO pensada desde o primeiro momento. Nós aqui na SEOlabs temos vários projetos(websites e blogs), criados para implementar testes, […]
  • As diferenças entre Inbound & Content Marketing e como podem ajudar no SEOAs diferenças entre Inbound & Content Marketing e como podem ajudar no SEO Em SEO o Inbound e o Content marketing, são muito importantes. SEO não é apenas posicionar umas keywords na primeira página do Google e já está feito o "serviço"... É muito mais do que […]
  • Criar conteúdos com o Google TrendsCriar conteúdos com o Google Trends Mais uma época festiva se aproxima e também mais um final de ano. Normalmente nesta altura do ano somos "bombardeados" com publicidade por todos os lados em todos os lados, basta sair de […]
  • Canonical Tag – O que é e para que serveCanonical Tag – O que é e para que serve Na optimização On-site, na grande maioria das vezes encontramos problemas com páginas em que o conteúdo é praticamente todo igual à execeção por exemplo; das cores, dos tamanhos, números, […]
  • Canibalização de palavras-chave – o que éCanibalização de palavras-chave – o que é O termo "canibalização" pode assustar para quem ainda está a adquirir conhecimentos de SEO. Mas no entanto é muito simples e fácil de entender o que é a canibalização de keywords(ou […]

About Author

Miguel Brandão

Desde de 2009 a ajudar websites a conseguirem o melhor posicionamento nos motores de busca com estratégias avançadas de SEO. Fundador do 1º evento de SEO em Portugal[www.seoportugal.org]

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *